Você sabe a diferença entre Protetor e Bloqueador Solar?

Postado por Fabinha às 13:20

Oi, gente!

Estamos no outono, no entanto, não devemos lagar mão de protegermos a nossa pele dos danos nocivos proporcionados pela exposição ao sol. Ainda mais em um país de clima tropical, como o nosso, em que há sol o ano inteiro.

Mas você sabe qual a diferença entre Protetor e Bloqueador Solar?
Os dois são para proteção da pele contra a radiação solar. Mas agem de forma muito diferente.



Se você quer evitar um ladrão, pode escolher dois mecanismos eficientes de proteção para sua casa, a cerca elétrica ou um cachorro Pitbull.

Cerca elétrica:
Ela não permite que o ladrão entre, você elimina o sujeito assim, sem que ele entre. A proteção não é seletiva, serve para todos: ninguém pode passar pela cerca elétrica, nem o dono da casa.

Pitbull:
O ladrão chega a entrar, mas é "triturado" lá dento, pelo cachorro. Mas é seletivo: ele deixa o dono e pessoas conhecidas entrar.

Para pele, funciona mais ou menos assim também quanto aos raios solares:

Bloqueador Solar: 
É uma cerca elétrica, pois não permite que nada entre.Ele bloqueia a ação dos raios refletindo os mesmos sobre a pele, assim, não entra nenhum tipo de radiação pela pele. 
 É mesmo excelente. Mas é aquele que te deixa com a pele branca, de aspecto fantasminha (se você tiver pele branca). Também é mais grosso, podendo causar acne em quem tem pele mais oleosa.

Quem deve usar? Pessoas que têm alergia aos filtros químicos, pois raramente causam problema alérgico. Crianças: todos os filtros infantis são, na verdade, bloqueadores, pois não têm agentes químicos. E pessoas que trabalham muito expostas à luz. Por exemplo, em computador, debaixo de foco cirúrgico (médicos, dentistas, enfermeiras…). Depois de laser e peeling também são muito bons porque ardem menos.

Filtro Químico:
É o Pitbull, destrói depois que entra. Ele deixa a radiação penetrar na pele, mas acaba com ela antes que penetre na célula e cause o dano. E é seletivo: bloqueia a luz UVA e a UVB. A luz visível, que é a emitida pelo computador, pelas lâmpadas e focos cirúrgicos são reconhecidas como “amigas” e podem entrar como o dono do cachorro. Portanto, têm proteção um pouco menor. Porém, são os mais usados, mais leves e cosmeticamente mais aceitos. A a boa notícia é que a maioria dos filtros químicos possui também filtros físicos na fórmula para aumentar a eficácia.


Curiosidades:

- O verão representa 80% das vendas de protetor solar. A maior procura se concentra entre a semana do Natal e a do Carnaval (infelizmente).

- O gasto médio anual com protetores fica na casa dos R$ 35.



Os melhores links da semana no Ocioso

Maquiagem para noivas: confira o passo a passo

3 comentários:

Mony - UBSE on 8 de abril de 2014 17:52 disse...

Ótima post, bem esclarecedora.

Bjos,

Mony
Um blog sobre esmaltes

Jade Taylor on 9 de abril de 2014 19:28 disse...

Muito interessante... Eu nao sabia!

Bianca Souza on 17 de maio de 2014 11:43 disse...

Texto super esclarecedor! Parabéns

Postar um comentário