Anjos esperando pelo fim

Postado por Fabinha às 16:55

Vagamos pela escuridão e na morte insana nos tornamos incertos e impuros.
Agora somos anjos esperando pelo fim. A dor não será nada, se comparada ao sofrimento. No meu pensamento alienado, só desespero e solidão... Isso é a morte!
Não sinto e não vejo, mas espero pela presença letal; talvez me arrependa, mas será tarde demais, e serei atormentada. Vou esperar que a morte me toque e leve-me com ela. Meu fim será lembrado ao acaso, como uma lembrança deixada para trás; enfim... ME LIBERTAREI.

Fábia Galvão

2 comentários:

Anônimo disse...

Tá meio deprê isso aí. Meio "cortapulsos".
Alegra isso aí "muié"!!!

Abraços!

Att:
Superpunk

Fabinha on 11 de julho de 2010 22:06 disse...

HEHE...

A vida é uma variante de emoções, conquistas, fracassos...
Todos sabem que não sou uma maníaca depressiva (pelo menos, não mais)... Mas tenho meus dias ruins, como qualquer outra pessoa...
Sei das minhas dificuldades e fraquezas; mas hj não as deixo tomar conta de minha existência...

Vlw por comentar... ^^
'abraços de volta'

Postar um comentário